SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PIRACICABA

Escola recebe atleta piracicabana em comemoração aos 250 anos da cidade

7 de agosto de 2017 • Larissa Mizuhira

Karateca Natalia Brozulatto visitou a E.M. Alberto Thomazi na quarta-feira, 02/08

Em comemoração aos 250 anos de Piracicaba, a Escola Municipal Alberto Thomazi recebeu piracicabanos que se destacam em suas profissões para relatar aos alunos suas trajetórias. Cada dia da semana foi abordado um tema com profissionais de várias áreas, como poetas, escritores, artistas, cantores, repórteres, jornalistas, pesquisadores e esportistas.

Na quarta-feira, 02/08, foi a vez da karateca campeã nos Jogos Pan-Americanos Toronto –  2015, Natalia Brozulatto contar a sua história para os alunos. A atleta falou sobre disciplina e dedicação necessária para ser uma boa profissional.

Segundo a diretora da escola, Adriana Mendes, Natalia usou um mapa mundi para mostrar aos alunos os países que ela conheceu com as competições, e explicou o quanto as escolas pelas quais passou fizeram diferença em sua vida, pois muitas de suas conquistas foram com a ajuda de bolsa de estudo. “Foi uma experiência única para as crianças, pois puderam interagir com a karateca na reprodução de golpes, perguntas e manuseio das medalhas e fotos de suas vitórias”, conta Adriana.

Atleta piracicabana – Natalia Brozulatto nasceu em Marília (SP) e logo se mudou para Limeira (SP), onde iniciou sua trajetória no karatê pelo clube Gran São João, aos 9 anos de idade. O interesse pelo esporte surgiu na escola, praticando futebol, voleibol, e para se defender, começou a frequentar as aulas de karatê. Porém, foi com o rendimento no voleibol que conseguiu a primeira bolsa de estudos.

Aos 11 anos mudou-se para Iracemápolis (SP), continuou praticando voleibol e treinando karatê, mas acabou optando por seguir a carreira na arte marcial. Em 2007, recebeu a primeira convocação para as categorias de base da seleção brasileira, e se mudou para Piracicaba pelas chances de crescimento no esporte e pela possibilidade de estudar.

Se formou em educação física pela Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) e se casou com seu técnico, o também piracicabano Diego Spigolon, que leva o nome da cidade para todo mundo. Atualmente representa a cidade em competições como os Jogos Regionais e os Jogos Abertos do Interior de São Paulo, além de treinar os atletas de base.

Em novembro de 2014, Natália recebeu o Título de Cidadã Piracicabana pela Câmara de Vereadores de Piracicaba, se tornando a cidadã piracicabana mais jovem da história.

Medalhista em mais de 100 competições ao longo da carreira no karatê, Natalia é dona de nove títulos oficiais do Campeonato Brasileiro. Em 2010 venceu as categorias sub-21 e sênior. O curriculum ainda tem, entre outras conquistas, cinco medalhas de ouro em campeonatos sul-americanos, o vice-campeonato na Copa do Mundo Grécia-2012 e ouro no Pan-2015 em Toronto, Canadá.

Fotos: divulgação

 

 

 

‹ voltar