SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PIRACICABA

Secretário participa de reunião com vereadores da Comissão de Educação

3 de maio de 2024 • Ygor Oliveira

O secretário municipal de Educação, Bruno Roza, participou na manhã de hoje, 03/05, de reunião com a Comissão de Educação, Esportes, Cultura, Ciência e Tecnologia na Câmara Municipal de Piracicaba. O objetivo foi esclarecer dúvidas sobre a entrega do material didático do sistema de ensino Poliedro nas escolas municipais no início do ano letivo.

O secretário de Educação, Bruno Roza, estava acompanhado por sua equipe técnica e pedagógica, além de diretores da Poliedro, que responderam aos questionamentos feitos pela comissão

O chefe da pasta da Educação foi convidado pela comissão após questionamentos encaminhados pelo gabinete do vereador Paulo Camolesi. Roza estava acompanhado por sua equipe técnica e pedagógica, além de diretores da Poliedro, que responderam aos questionamentos feitos pela comissão composta pelos vereadores Rai de Almeida (presidente), Sérgio da Van (relator) e Fabrício Polezi (membro).

A reunião discutiu sobre os possíveis impactos causados pelo atraso na entrega do material didático nas escolas municipais e quais serão as estratégias para a distribuição no próximo ano letivo.

O secretário esclareceu que todas as escolas da Rede Municipal de Educação de Piracicaba estavam em posse dos materiais didáticos no dia 8 de março de 2024, e adiantou que o material continuará sendo usado em 2025. “É importante ressaltar que a preparação para o ano letivo de 2025 está sob responsabilidade da gestão atual. Nesse contexto, gostaria de comunicar à comunidade educacional que vamos manter o sistema de ensino Poliedro, garantindo a continuidade das formações e disponibilizando as ferramentas necessárias aos educadores. Vamos assegurar que o material didático esteja acessível desde o início do próximo ano letivo.”

O chefe da pasta da Educação foi convidado pela comissão da Câmara após questionamentos encaminhados pelo gabinete do vereador Paulo Camolesi

Ana Lúcia Lorencett Marra, coordenadora da Educação Básica da SME, afirmou que não houve prejuízos quanto ao ensino dos alunos por conta do atraso do material. “O material é um apoio, uma ferramenta didática. A prática em sala de aula continua sendo do professor. Os primeiros dias são utilizados para acolhimento dos alunos, atividades de sondagem, e ambientação ao novo ano que está iniciando. Fora isso, tivemos o feriado do Carnaval logo que o ano letivo começou. Somando esses elementos, podemos dizer que os alunos e professores não foram prejudicados.”

Outros assuntos foram levantados pelos vereadores membros da Comissão, como o andamento das reformas das escolas municipais, a entrega dos uniformes para os mais de 37 mil alunos da rede e a construção de novas escolas.

Os vereadores Paulo Camolesi e Paulo Henrique também estiveram presentes na reunião.

‹ voltar