SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PIRACICABA

Mais de 36 mil crianças voltam às aulas

31 de janeiro de 2019 • Fernanda Schmidt

Mais de 36 mil crianças voltam às aulas nesta sexta-feira (01) na rede municipal de educação básica. Neste ano, estão matriculadas 18.865 crianças na Educação Infantil e 17.150 no Ensino Fundamental, totalizando 36.015 crianças. O número, porém, ainda deve aumentar em decorrência de matrículas a serem efetivadas.

De acordo com a chefe do Departamento de Planejamento da SME (Secretaria Municipal de Educação), Nély Guidolin Lima, na Educação Infantil, 8.694 crianças estão matriculadas em período integral e 10.171 em período parcial. A rede municipal é composta por 89 escolas de Educação Infantil e 46 escolas de Ensino Fundamental.

No primeiro dia de aula, os alunos serão recebidos pelos educadores com atividades de boas-vindas e aulas.

As crianças que se mudaram para o conjunto habitacional Vida Nova irão estudar em duas escolas. A Escola Municipal José Antonio de Souza, que fica na rua Jorge Anéfalos, 115, no Parque Orlanda, recebe os alunos que vão cursar do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. As crianças de 4 e 5 anos que vão frequentar o Jardim I e o Jardim II vão estudar na Escola Municipal de Educação Infantil Professora Maria Aparecida Lordello Beltrame, que fica na rua Hermes Gregolin, 512, no bairro São Matheus. Especificamente nesses casos, o transporte das crianças, tanto do Ensino Fundamental como da Educação Infantil, será feito por ônibus fretado pela SME.

Neste ano, a Secretaria também assumiu a gestão da creche Marshlea Dawsey que, até dezembro de 2018 era administrada pela Amas (Associação Metodista de Ação Social), no bairro Nova América. A unidade foi revitalizada em janeiro e tem capacidade para cerca de 100 crianças.

 Para atender a demanda de alunos, a Prefeitura contratou mais 162 professores. São 72 professores efetivos e 24 professores substitutos para a Educação Infantil e 20 professores efetivos e 46 substitutos para o Ensino Fundamental. Outras contratações ocorrerão ainda neste início de semestre continuarão no decorrer do ano. No total, cerca de 2.700 professores integram a rede municipal de educação básica.

A Divisão de Nutrição e Alimentação da secretaria também está preparada para a volta às aulas. Neste mês, que tem 20 dias úteis, o sistema de autogestão deve servir mais de 1,8 milhão de refeições. As refeições servidas são planejadas por nutricionista com a utilização de gêneros alimentícios básicos (arroz, feijão, macarrão e carnes), respeitando as referências nutricionais e hábitos alimentares. Esses cardápios atendem as necessidades para suprir, no mínimo, 30% das necessidades nutricionais diárias do aluno da educação básica que estuda em período parcial e, no mínimo, 70% das necessidades diárias do aluno matriculado em período integral.

A secretária municipal de Educação, Angela Jorge Corrêa, deixa, em nome da secretaria, uma mensagem de volta às aulas. “A volta às aulas é uma ocasião especial. É o reencontro de todos os atores da construção do processo educacional, da curiosidade com o conhecimento e da motivação com o incentivo. É o momento de reintegração, de rever os colegas e amigos, parceiros de mais um ano dessa trajetória. Bom retorno a todos os profissionais e alunos!”  

‹ voltar