SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PIRACICABA

Horta da Escola Municipal Nosso Lar é revitalizada por cooperativas

18 de julho de 2018 • André Cruz
A construção da horta com o apoio das cooperativas é um excelente exemplo de apoio e valorização do cooperativismo, diz secretário de Defesa do Meio Ambiente   Texto: João J. de Souza Cooperativas de Piracicaba entregaram na manhã desta quarta-feira, 18/07, a revitalização da horta da Escola Municipal Nosso Lar por meio do “Projeto Horta- união que faz a diferença”. O evento que integra o Dia Municipal do Cooperativismo, foi uma realização da Coplacana, Cooperativa de Consumo (Coop), Escola Coopep, Sicoob Cocre, Sicoob Credsaúde, Sicoob Unimais, Sicredi União Paraná/SP, Unimed e Uniodonto. O secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), José Otávio Menten, prestigiou o evento. No total foram revitalizadas seis hortas. Os preparativos para a montagem da horta consistiram na instalação de canteiros com blocos de tijolo doados pela Granziol Engenharia com a participação de seus colaboradores, os quais foram responsáveis pela execução da área de plantio. Todo o trabalho foi acompanhado por engenheiros agrônomos, técnicos agrícolas do Departamento Técnico Agronômico da Associação dos Fornecedores de Cana de Piracicaba (Afocapi). Foram plantadas sementes de cenoura e beterraba, mudas de alface, rúcula, cebolinha, salsinha e chicória, sendo que os canteiros foram devidamente preparados para receber o plantio e a adubação. Ano passado, foi revitalizada a horta no Lar Escola Coração de Maria e em 2016 foi entregue uma horta comunitária no bairro Santa Fé, dentro da Escola Estadual Dom Eduardo Koaik. O secretário José Otávio Menten, diz que a construção da horta com o apoio das cooperativas é um excelente exemplo de apoio e valorização do cooperativismo. “É uma ação simples e concreta, mas com um grande significado para a aprendizagem ambiental e sustentabilidade. E ao envolver crianças a ação ganha ainda um significado maior”. Para a secretaria municipal de Educação, Angela Jorge Correa, a iniciativa tem vários fatores positivos. “Entre eles estimular na criança a importância da alimentação saudável, além de incentivar a educação ambiental. Ações como essas são de grande relevância no processo educacional das crianças”, disse. O presidente da Coplacana, Arnaldo Bortoletto, ressalta que esta iniciativa atende um dos princípios do sistema cooperativista que é incentivar as ações sociais e filantrópicas. “Estamos muito felizes por sabermos que estas crianças desde cedo aprendem noções de educação ambiental”. Segundo a diretora da escola, Sarita Kallajian Delgado Rossini, toda ação educacional que integre questões ambientais, que objetive mudanças de atitudes, incentive a cooperação, a solidariedade e pratique o respeito e a tolerância, buscando resgatar valores éticos hoje perdidos na nossa sociedade, pode ser chamada de Educação Ambiental. A diretora do Nosso Lar ressalta ainda que a escola é o espaço social e o local onde a criança dará sequência ao seu processo de socialização. “O Nosso Lar possui ampla área verde em que as crianças além de brincar podem explorar e experimentar o que a natureza tem a oferecer enriquecendo assim suas vivências. Este projeto faz-se necessário para colocar em prática no dia-a-dia, através de pequenos atos, que darão início as grandes transformações que devem ser assumidas por todos. O projeto Horta vem para acrescentar o projeto da escola e para contemplar a todos que se beneficiaram dos resultados”. A escola Nosso Lar conta atualmente com 111 crianças, 11 professoras efetivas, 1 professora substituta, 3 serviços gerais terceirizadas, 1 zelador terceirizado, 3 merendeiras, 4 estagiários, 2 auxiliares de ação educativa,1 diretora. Atende crianças do Jardim Elite e também crianças que residem em outros bairros como: Nova América, Paulicéia, Vila Monteiro, Piracicamirim, Centro, bairro Alto, Jaraguá, Jardim Potiguar, Higienópolis, Vila Independência, Alemães e outros. Foto: Ozonio Imprensa
‹ voltar