SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PIRACICABA

Exposição das escolas municipais reuniu 120 obras na Praça José Bonifácio

2 de agosto de 2017 • Rafaela Gazetta

Ação é parte da programação dos 250 anos de Piracicaba

Fotos: Bruna Antoaniali

Obra da E.M. São Vicente de Paulo

Piracicaba completou 250 anos ontem, dia 1º de agosto, e as escolas da Rede Municipal também prestaram homenagem à cidade por meio da exposição Piracicaba: Lendas, Cantos e Encantos – 250 Anos, que pôde ser conferida na praça José Bonifácio, das 10h às 16h. A mostra, que é parte da programação de aniversário de Piracicaba, teve 120 obras produzidas por todas as escolas da Rede Municipal – educação infantil e ensino fundamental.

Segundo a comissão organizadora da exposição, formada pelas supervisoras da Secretaria Municipal de Educação Elaine Barella, Maria Aparecida Vila Nova e Viviane Cavalcante e pela coordenadora do Ensino Complementar Elaine Galani, as escolas receberam uma placa de fibra de madeira com dimensões 40cm x 50cm x 0,3cm e tiveram total liberdade para escolherem o tema – alusivo à cidade – e o estilo da técnica que utilizariam na obra. O trabalho foi feito por crianças de 3 meses a 10 anos de idade, com a ajuda de professores e funcionários das unidades.

Bairros de Piracicaba, como o Monte Alegre, pontos turísticos, como a Noiva da Colina e o Engenho Central, histórias, contos, riqueza cultural, o rio Piracicaba, músicas e poesias são alguns dos temas retratados nas técnicas de colagem, fotografia, tecido, textura, mosaico, dobradura, pontilhismo, papietagem, pasta de modelar, entre outras

A E.M. São Vicente de Paulo, retratou a capela do bairro Monte Alegre. Segundo a diretora Cláudia Monte Bello, as professoras trabalharam pontos turísticos de Piracicaba com as crianças do Jardim I e II. “As crianças fizeram uma releitura, em forma de desenho, do que viram e depois houve um concurso na unidade. A ganhadora foi a aluna Alessandra do Jardim II, 5 anos”, explicou a diretora. O desenho foi ampliado, e os traços, as cores e os formatos originais foram mantidos; a técnica utilizada foi papel machê.

Já a E.M. Professor José Pousa de Toledo utilizou a técnica colagem de sementes para registrar a Ponte Pênsil e o Engenho Central ao fundo. “As crianças desenharam e fizemos uma eleição dos desenhos que as crianças gostariam de retratar no quadro. A Ponte e Engenho ganharam”, explicou a diretora Vivian Gonçalves.

Obra da E.M. Prof º José Pousa de Toledo

O Espírito Santo foi o tema escolhido pela E.M. Professor Euclides Buzetto. Os alunos do 5º ano pesquisaram o significa das fitas, a cor da pomba – que em Piracicaba é prata –  a quantidade de raios, entre outros detalhes que compõem a figura do Divino Espírito Santo. “Os materiais utilizados foram os fuxicos, gesso, disco de vinil e jornal”, disse a diretora Myra Massariol Roberti.

Obra da E.M Profº Euclides Buzetto

A E.M. Joaninha Morganti trabalhou com as crianças, desde a fundação de Piracicaba até os dias de hoje. Segundo a diretora Regina Machado dos Santos, o tema que mais chamou a atenção das crianças foi o rio Piracicaba. “Na realidade fizemos um painel enorme na escola. Para a exposição, retratamos um pedaço do painel com a imagem do rio e do Boneco de Elias”, explica. Para a confecção do quadro foram utilizados tecido, capsulas de café, rolo de papel higiênico, cascas de árvore, esponja de banho, entre outros.

A mostra poderá ser conferida em breve no Engenho Central, em data a ser divulgada.

Obra da E.M. Joaninha Morganti

Apresentação da E.M. Taufic Dumit

Apresentação da E.M. Sabino Stênico

 

 

‹ voltar