SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PIRACICABA

Artigo: Educação em Tempos de Pandemia

26 de junho de 2020 • André Cruz

Por:

Ana Lúcia Lorencetti Marra – Formadora de Matemática
Flávia Regina de Andrade Brito – Formadora de Matemática
Luciana Cristina da Silva Chittolina – Supervisora de Escola
Mara Silvia Martins de Oliveira – Supervisora de Escola
Milena Barbosa de Lima – Supervisora de Escola

A escola que defendemos é espaço de encontro, de partilha, de construção de saberes. De valorização da diferença, do respeito ao humano e da afetividade, com interação com famílias e comunidades. Diante do contexto da pandemia-COVID 19, a prioridade é a preservação da vida e a suspensão das aulas se fez inevitável, novos desafios se apresentaram à Educação e seus profissionais.

Nesse contexto, a Rede Municipal de Ensino de Piracicaba, a partir do mês de março, iniciou ações emergenciais de reorganização das atividades escolares. Antes da suspensão das aulas, ocorreu na semana de 16 a 20 de março, orientação às famílias e crianças, sobre os protocolos de saúde e higiene e, em seguida, a antecipação do recesso (15 dias, de 23 de março a 06 de abril) e das férias escolares (30 dias, de 07 de abril a 06 de maio).

Nesse período, a equipe técnico-pedagógica da Secretaria Municipal de Educação/Anos iniciais do ensino fundamental, elaborou proposta visando manter a continuidade do vínculo da criança com a escola e do processo pedagógico, iniciado nos primeiros trinta e três dias letivos (de 03 de fevereiro a 20 de março).

Tal proposta considerou os documentos legais e diretrizes estabelecidas pelos órgãos competentes, sem desprezar as especificidades e necessidades dos alunos atendidos no Ensino Fundamental – Anos Iniciais. Nesse sentido, o trabalho foi planejado a fim de assegurar a equidade, princípio que norteia a proposta curricular da Rede Municipal e conforme o texto do Parecer nº 05/2020, do Conselho Nacional de Educação.
“Há, ainda, que se observar a realidade das redes de ensino e os limites de acesso dos estabelecimentos de ensino e dos estudantes às diversas tecnologias disponíveis, sendo necessário considerar propostas inclusivas e que não reforcem ou aumentem a desigualdade de oportunidades educacionais” (Brasil, MEC, p. 08, 2020)

Optou-se pelo envio de atividades impressas, elaboradas pelos professores de cada ano/turma, assegurando as adaptações, quando necessárias, e ainda podendo ser complementadas por meio das tecnologias acessíveis a cada comunidade escolar. Disponibilizou-se a todos os alunos material do EMAI (Ensino de Matemática para Anos Iniciais) e Ler e Escrever, que a rede municipal adota em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, com orientação específica sobre seu uso.

Em meio a tantas mudanças na rotina familiar das crianças, priorizaram-se os componentes curriculares de Língua Portuguesa e Matemática, os quais apresentam conteúdos estruturantes que se articulam com os demais componentes curriculares. A entrega das atividades, geralmente quinzenal, foi definida considerando a necessidade do distanciamento social, o vínculo com as famílias e a regularidade de atividades possíveis para o período.

Tendo em vista que nem todos os alunos têm acesso às tecnologias para o ensino remoto, que as famílias não possuem necessariamente formação pedagógica e nem sempre estão presentes ou disponíveis para o acompanhamento das atividades, até o momento não estão sendo abordados conteúdos novos e sim, atividades que os alunos possam realizar com certa autonomia, mantendo a continuidade do vínculo com a escola.

As equipes escolares estão se empenhando para estreitar as relações com as famílias, realizando estudos e propostas acessíveis. Também se organizaram com plantões diários para esclarecer dúvidas, de forma não presencial, utilizando de diversos meios de comunicação.

Para amenizar os impactos aos alunos, todos os profissionais da Rede Municipal de Educação estão empenhados na reflexão a respeito do contexto atual, na resolução diária das dificuldades e no constante aprimoramento das estratégias oferecidas.

 

 

‹ voltar